Canção de Verão

Preciso da eternidade 
como preciso do vento 
que sopra sobre a cidade. 
Entre o que fica e o que passa 
vejo no verão sinistro 
um ninho cair da árvore. 
A morte ainda é lembrança: 
nome inscrito numa lápide. 
A morte ainda é esperança 

promessa de eternidade 
ventania! ventania 
soprando sobre a cidade. 

Lêdo Ivo, In Poesia Completa, 2004

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s