Solidão

O espírito da tempestade que executa a minha palavra
Partiu 
E minha forma assim abandonada 
Caiu. 
Vieram depois a aflição e a agonia 
E cresceram em mim 
Como a aurora e o dia. 
E se eu quisesse contar, homens irmãos, 
Desde quando meu coração está isento de alegria, 
Acreditem, 
Não poderia. 
Há muitos séculos mora em mim 
Uma noite muito escura, muito fria. 

Adalgisa Nery, In Mundos Oscilantes, 1962

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s