Não queiram saber quem ele é

Não queiram saber quem ele é.
Deixem-no andar
No tristíssimo segredo
Que o meu coração
Tem guardado avaramente!…

Quem ele é? – Não perguntem.
É um sonho, uma ilusão,
– Não é ninguém! Não é gente.

E teimam em perguntar
Quem é que assim me domina
Com tamanha realidade?

Não é ninguém! É um sonho
Que anda a ficar em saudade!

António Botto, In Canções 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s