Mote e glosas

Vi uma estrela tão alta, 
Vi uma estrela tão fria! 
Estrela, por que me deixas 
Sem a tua companhia? 

Sonho contigo de noite, 
Sonho contigo de dia: 
Foi no que deu esta vida 
Sem a tua companhia. 

Água fria fica quente, 
Água quente fica fria. 
Mas eu fico sempre frio 
Sem a tua companhia. 

Nunca mais vou no meu bote 
Pescar peixe na baía: 
Não quero saber de pesca 
Sem a tua companhia. 

Manuel Bandeira, In Mafuá do malungo, 1948

2 comentários

    1. Lembrei desta música:

      A minh’alma chorou tanto
      Que de pranto esta vazia
      Desde que aqui fiquei
      Sem a tua companhia.
      Não há pranto sem saudade
      Nem amor sem alegria
      E é por isso que eu reclamo
      Essa tua companhia
      E é por isso que eu reclamo
      Essa tua companhia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s